SOBRE DECRETO Nº 4..135 - Publicado no dia 20/03/2020 pelo GOVERNO DA PARAÍBA 

O decreto suspende, pelo prazo de 15 (quinze dias), a partir da zero hora do dia 22 de março de 2020, passível de prorrogação, nas cidades que tenham casos de Coronavírus (COVID-19) confirmados, e nas suas respectivas regiões metropolitanas (NA REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA O COMÉRCIO JÁ DEVE SER FECHADO, POIS O PRIMEIRO CASO FOI EM JOÃO PESSOA), o funcionamento de: 

I - academias, ginásios e centros esportivos púbicos e privados;

II – shoppings, centros e galerias comerciais, bares, restaurantes, casas de festas, casas noturnas, boates e estabelecimentos similares; 

III – cinemas, teatros, circos, parques de diversão e estabelecimentos congêneres, públicos e privados;

IV – agências bancárias e casas lotéricas;

V – lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio;

VI – embarcações turísticas, de esporte e lazer, em todo o litoral paraibano;

 

No § 1º estabelece exceções como: os órgãos de imprensa e meios de comunicação e telecomunicação em geral, os caixas eletrônicos bancários, os estabelecimentos médicos, odontológicos para serviços de emergência, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação, distribuidoras e revendedoras de água e gás, distribuidores de energia elétrica, serviços de telecomunicações, segurança privada, postos de combustíveis, funerárias, padarias, clínicas veterinárias, lojas de produtos para animais, lavanderias, e supermercados/congêneres.

 

NOTA DO SINECOM

Considerando o avanço do CORONAVÍRUS e os decretos publicados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa e pelo Governo do Estado da Paraíba que determinam o fechamento do comércio com algumas exceções, a exemplo dos supermercados e farmácias, o SINECOM vem a público informar que:

 

1. Protocolamos ofícios na FECOMÉRIO, no Gabinete do Governador da Paraíba e nas Prefeituras da Região Metropolitana de João Pessoa, solicitando várias medidas preventivas para todos os trabalhadores e clientes;

2. A população e a classe empresarial devem fazer a sua parte e tomar todos os cuidados preventivos, evitar filas e aglomerações nos supermercados;

 3. Buscamos estabelecer ação conjunta com os órgãos competentes do Governo da Paraíba e das Prefeituras da Região Metropolitana, para fazer cumprir os decretos, fiscalizar e controlar o acesso aos supermercados e farmácias. Inclusive para receber denúncias. 

 

Sempre na luta em defesa dos trabalhadores e da sociedade, o SINECOM alerta para que todos sigam as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

SE CADA UM FIZER A SUA PARTE JUNTOS VAMOS SUPERAR TODAS AS DIFICULDADES!!!

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!!!

ORIENTAÇÕES

Após o decreto Nº 4.135 publicado no dia 20/03/2020 pelo GOVERNO DA PARAÍBA que determina o fechamento do comércio com algumas exceções, a exemplo de SUPERMERCADOS/CONGÊNERES, DISTRIBUIDORAS e FARMÁCIAS, o SINECOM vem dialogando com a classe empresarial e os trabalhadores. Neste sentido, solicitamos:

 

1.CONTROLAR O ACESSO (UM POR FAMÍLIA), DE PREFERÊNCIA FORA DO GRUPO DE RISCO;

2.LIMITAR A ENTRADA DE CLIENTES - 1 PESSOA A CADA 5M² DO ESTABELECIMENTO;

3.LIMITAR A QUANTIDADE DA COMPRA DE ITENS;

4.COMPRAR APENAS O ESSENCIAL;

5.ESTABELECER UMA DISTÂNCIA MÍNIMA DENTRO DO ESTABELECIMENTO, PRINCIPALMENTE NOS CAIXAS;

6.PAGAR PREFERENCIALMENTE COM CARTÃO;

7.DISPONIBILIZAR MÁSCARAS E ÁLCOOL 70%;

8.MONITORAR A SAÚDE DOS TRABALHADORES;

NÃO FIQUE SÓ! FIQUE SÓCIO! DIREITO NÃO SE REDUZ, SE AMPLIA.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon