​NOTÍCIAS & EVENTOS

Entenda como as cinco regras de transição dificultam o acesso à aposentadoria

Escrito por: Rosely Rocha

A reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro (PSL) aprovada pelo Congresso Nacional, na última semana, impõe cinco regras de transição para os trabalhadores e trabalhadoras da ativa. Essas regras só valem para já está no mercado de trabalho e apenas a regra de pedágio 100% vale tanto para trabalhadores da iniciativa privada como para os servidores públicos federais.

A advogada especialista em Direito Previdenciário, do escritório LBS, Júlia Lenzi, recomenda muita cautela na hora de avaliar qual a melhor regra de transição, pois cada caso depende de diversos fatores como tempo de contribuição e idade.

A única regra em que o tempo mínimo de contribuição é de 15 anos para homens e mulheres é a de aposentadoria por idade - 65 anos homens e 62 mulheres. 

“As demais regras de transição são muito complicadas. Para a maioria, são necessários 30 anos de contribuição [mulheres] e 35 anos [homens], não importam as contas que se façam. Por isso, é preciso muito cuidado na hora de se decidir por uma. De preferência consulte um advogado para evitar surpresas desagradáveis”, alerta Júlia.

Entenda como as regras vão funcionar

SAIBA MAIShttps://www.cut.org.br/noticias/entenda-como-as-cinco-regras-de-transicao-dificultam-o-acesso-a-aposentadoria-b8b2

Movimento sindical precisa utilizar todas as ferramentas de comunicação
Escrito por: Gibran Mendes

A internet é um instrumento importante, mas não pode ser o único foco na comunicação sindical. Esta é avaliação dos debatedores da segunda mesa deste sábado (26) no 14º Congresso Estadual da CUT Paraná. Os problemas e avanços da internet, os meios tradicionais e a informação como importante capital foram alguns dos principais temas discutidos durante a manhã. 

 

“Há uma coisa que vale mais que Petróleo no mundo hoje: a informação. Não é à toa que empresas como Google, Facebook e Amazon valem o que valem”, sentenciou o secretário nacional de comunicação da CUT, Roni Barbosa. De acordo com ele é preciso que a comunicação sindical adote uma linguagem popular, de fácil compreensão. “A defesa do movimento social é fundamental em um governo fascista que traz ataques brutais contra nosso campo. Mas pergunte para a sociedade: qual é o papel de um sindicato. Eles sabem?”, questionou. 

Reforma da Previdência: calculadora da aposentadoria     

O projeto de reforma da Previdência proposto pelo governo federal reduz substancialmente o valor dos benefícios previdenciários, retarda o início da aposentadoria e restringe o alcance da assistência social.

Quanto tempo você deverá trabalhar para se aposentar com valor integral? Ou para atingir a idade mínima? Ou para atingir o tempo mínimo de contribuição? Esta ferramenta desenvolvida pelo DIEESE permite que você faça simulações e compare o resultado dos cálculos, segundo a lei atual da Previdência e a partir das novas regras da proposta do governo (PEC 06/2019).

Fique atento a essa discussão e convide os amigos para participar.

ACESSE A CALCULADORA: https://www.dieese.org.br/calculadoraaposentadoria/index.xhtml

AGENDA

 

DE SEGUNDA A SEXTA
 

VISITA PERMANENTE NAS LOJAS
Fiscalização e Sindicalização

DE SEGUNDA A SEXTA
 

SINECOM ABERTO
OUVINDO OS TRABALHADORES

SALÃO DE FESTAS/EVENTOS
 

ABERTO OS COMERCIÁRIOS
Agende no SINECOM

NÃO FIQUE SÓ! FIQUE SÓCIO! DIREITO NÃO SE REDUZ, SE AMPLIA.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon